Condado de Orange recomenda uso da máscara em locais fechados com novos casos da Covid

Condado de Orange recomenda uso da máscara em locais fechados para evitar contaminação

 

O prefeito de Orange, Jerry Demings, recomendou a volta do uso de máscara em ambientes fechados onde não é possível manter distanciamento social, mesmo por pessoas vacinadas. Foi registrada taxa de 8 % de novos casos de Covid-19 nas últimas semanas

 

Da Redação

Passa a ser uma questão controvérsia o uso da máscara no Condado de Orange, pois mesmo pessoas tendo sido vacinadas foi registrada taxa de 8% de novos casos de Covid-19 nas últimas duas semanas. Com isso, o prefeito de Orange, Jerry Demings, recomendou a volta do uso de máscara em ambientes fechados onde não é possível manter distanciamento social, mesmo por pessoas vacinadas.

Demings disse que o não uso da máscara é a resposta pela disseminação desenfreada da variante Delta, altamente contagiosa entre pessoas não vacinadas, reforçando que Orange County está na categoria de alto risco de transmissão comunitária, de acordo com o “Centers for Disease Control (CDC)”. “Medida vale para ambientes fechados onde não é possível manter distanciamento social”, reforçou o prefeito.

A orientação foi dada, depois que o índice de novas infecções pela Covid-19 no condado da Flórida Central atingiu quase 8% nos últimos 14 dias. Percentual que se enquadra na categoria ‘alto risco de transmissão’, atesta o CDC.

Demings enfatizou que a medida, neste momento, não cria nenhuma obrigação para a população local, mas ele continuará observando os dados sobre a doença na região e ajustará a recomendação conforme necessário.

O prefeito também fez um apelo às pessoas que ainda não tomaram a vacina para que o façam o mais breve possível. Segundo ele, todos os 406 novos casos de Covid-19 registrados no condado foram entre pessoas não foram imunizadas.

De acordo com o “Orange Health Department”, pouco menos de 60% dos moradores do Condado com idade acima de 12 anos recebeu pelo menos uma dose da vacina.

Fonte: Nossa Gente

Comentários Facebook